Inovação: MBWAY ou MB-no-WAY?

12 de Julho, 2017

Futuro, Marketing, Mercados, Pragmático, Simplicidade

Já passaram meses desde que o levantamento de dinheiro, com o telemóvel, nas maquinas multibanco ficou disponível – a grande inovação do ano da SIBS. Como céptico que sou em relação a inovações made in Portugal só recentemente a experimentei e…

“A inovação está de volta ao topo da agenda. (…) No entanto, as grandiosas declarações sobre a inovação são, muitas vezes, acompanhadas por execuções medíocres, que produzem resultados anémicos, e os grupos de inovação são silenciosamente dissolvidos, durante iniciativas de redução de custos.” ~ Moss Kanter em HBR’s 10 Must Reads on Innovation.

Segundo a publicidade é simples! Basta aderir ao MBWAY, introduzir o valor e ir levantar à caixa multibanco mais próxima, mas como eu suspeitava isto não podia ser assim tão rápido e prático. Será que adivinham qual é o problema deste serviço com a próxima imagem?

Hmmm “para utilizar este código prima a tecla verde no MULTIBANCO“. 123 456 89…. (p**** já me enganei!)

Quem criou esta inovação “muito prática” teve a triste ideia de pensar que introduzir 10 números é o jogo ideal para matar aquele tempo morto que passamos em frente ao MB! Será que alguma vez experimentaram utilizar um MB? Para além de ser necessário esmurrar a maquina para conseguir marcar um número que seja, é muito mais fácil inserir o cartão e marcar apenas os 4 números do PIN do que usar o MB-no-WAY.

Só me resta dar os parabéns à equipa da SIBS pela criação desta inovação espetacular e deixar a seguinte nota para o futuro: uma inovação só tem valor se representar uma vantagem relativa às soluções anteriormente disponíveis – gestão de produtos 101.

Deveríamos mesmo era dissolver a SIBS, inteira, “durante iniciativas de redução de custos”.